trekking

trekking

sábado, 8 de junho de 2013

Petrópolis - RJ

Petrópolis, localizada na região serrana do Estado do Rio de Janeiro, era a cidade de veraneio de D. Pedro II e a Família Real. Diz a história (ou lenda) que a esposa de D. Pedro não suportava o calor do Rio durante o verão, então eles se mudavam para Petrópolis de novembro a abril para fugir do calorão. Por isso a cidade ficou conhecida como Cidade Imperial.

Pórtico na entrada de Petrópolis:

                                                         Foto da Internet

Petrópolis está distante do Rio de Janeiro em aproximadamente 66 km ou 40Km do Aeroporto Tom Jobim. Há ônibus que saem da Rodoviária do Rio de Janeiro de 15 em 15 min em média. Lembrando que ao marcar a data de sua viagem, veja se não é uma época de chuva (dezembro a maio), porque às vezes pode acontecer da cidade ficar alagada ou intransitável. Fora isso, divirta-se! É uma cidade extremamente cultural, de clima agradável, de pessoas receptivas e extremamente romântica.

Serra de Petrópolis:


A linda viagem começa  desde o momento que você sobe a Serra em meio a Mata Atlântica. No caminho, antes de chegar no centro de Petrópolis, você encontrará opções de pousadas que ficam literalmente em cima da Serra e o visual é extremamente prazeroso, acalentador e romântico. Uma observação: se você não for com carro próprio ou alugado, o preço para ir de táxi até o centro de Petrópolis onde ficam as atrações turísticas é de R$100 ida e volta. Eles te levam e na hora em que quiser voltar, você liga e eles te buscam.

Pousada na Serra de Petrópolis:


Esta pousada fica literalmente em cima da Serra, há mais ou menos 15km da BR que leva ao centro de Petrópolis. Ou seja, é um local isolado, no meio da serra onde só se vê serra por todos os lados, ideal para  o romantismo total. Deve ser por isso que só haviam casais nesta pousada.
Ps.: Pousada Chalé da Montanha - Estrada Rio-Petrópolis, km 93.

Paisagem da Pousada:


Além da parte romântica que é bem evidente em Petrópolis, também há a parte cultural, que é extremamente interessante e agradável. Petrópolis além de ser a cidade da Família Real, também foi a cidade onde Santos Dumont, o criador da avião, passou parte de sua vida. Hoje, a Casa de Santos Dumont virou um museu junto com a história do 14 Bis (em breve posto fotos e falo mais a respeito).

Outro ponto turístico famoso de Petrópolis é o Palácio de Cristal, que é bem parecido com o que tem no Jardim Botânico de Curitiba. Ele foi um presente dado a Princesa Isabel em 1884. Hoje é um lugar para apresentações e exposições.

Palácio de Cristal:




Em dias comuns, como no que fui, é um lugar sem nada demais. Mas em algumas épocas há festivais ou outros eventos que devem trazer mais atratividade.

Exposição de flores:



Esta foto, é das redondezas do Palácio, achei bonita e registrei :)



Acredito que o principal ponto turístico seja o Museu Imperial, um museu bem grande, com um jardim enorme, bem legal, já que retrata como a Família Real vivia nele. Uma pena não ser possível tirar fotos da parte interna, gostaria de ter registrado os quartos da Princesa Isabel e do Imperador, com as iniciais dos nomes dele e da esposa cravados no teto.

Museu Imperial:


Ele se localiza no centro da cidade e custa R$12,00 (inteira) e R$6,00 (meia) para entrar.


Creio que em todo museu de médio ou grande porte há um local agradável para se tomar um café. E neste museu, onde quem gosta de história demora mais ou menos 2 horas para percorrê-lo todo, cai bem um cafézinho ou um chocolatezinho :)

Cafeteria do Museu:


Nenhum comentário:

Postar um comentário